sábado, dezembro 13, 2014

O PARQUE DONA LINDU, VALE A PENA VER DE NOVO

Eu tenho falado muito sobre o Parque dos Coqueiros, o ¨meu filho caçula¨, mas tenho outro parque que marcou a minha vida, pois foi uma vitória do povo sobre o poder econômico. Chama-se Parque Dona Lindu. Em um terreno com mais de 27 ha a beira mar de Boa Viagem Recife. 


Um grupo de empresários queria construir várias torres imobiliárias no local, alegando usucapião de uma pessoa que se dizia proprietária do imóvel e a Aeronáutica alegando ser terreno da união,queria construir apartamentos para seus oficiais. Um grupo de moradores do Bairro fundou a Amparque, Associação dos Amigos do Parque, e começamos uma luta de Davi versus Golias, com objetivo de transformá-lo em um Parque Verde Ecológico. Dentre outros neste grupo estava Cristina Henriques presidente da associação dos moradores, Petrônio Martins, presidente da Amparque, Edson Campos E Silva, Idealizador do Parque dos Coqueiros, Fernando Cunha, Luce Pereira, jornalista e escritora, vereador Luiz Helvécio ¨E Outros¨, como dizem os colunistas sociais. O vereador Luiz Helvécio apresentou um projeto para transformar o terreno em Zona de Proteção Ambiental. Com isso ficaria proibido qualquer construção no local e o problema estaria resolvido. A câmara de vereadores aproveitou a ausência do vereador Helvécio no plenário e colocou o projeto em votação. Por incrível que pareça vereadores do próprio partido de Luiz Helvécio (PT), e do próprio Partido Verde votaram contra. Como apareceram comentários de que alguns vereadores tinham recebido ¨agrados¨ para votarem pela não aprovação, eles se justificaram dizendo que o projeto não era constitucional e que Helvécio queria se promover. Por via das dúvidas o projeto foi impedido de ser re-apresentado
Com festas no terreno, faixas, show de forró de Edson de Tana, pressão da imprensa e no judiciário, a aeronáutica ganhou na justiça o terreno. João Paulo, Lula e nós da Amparque conseguimos que o terreno fosse doado pela união para o município com objetivo único de ser construído o parque em dois anos. Foi quando houve a dicotomia com João Paulo querendo um parque com projeto de Oscar Niemeyer e a Amparque querendo mais simples com mais verde. Naquela época fiquei com a Amparque e hoje, como muitos, dou parabéns a João Paulo por sua pertinência, pois o parque tem servido para divulgação de cultura para o povo, com o palco móvel e entretenimento para nossas crianças com os brinquedos. Recife tem muito espaço para o verde que faltou no Dona Lindu. 


No dia da assinatura do Termo de Posse da doação do terreno da União Para a PCR fui convidado para o almoço oficial e cerimonial da assinatura oficial pelo ministro Paulo Bernardo, com reconhecimento do empenho nesta luta.







3 comentários:

Anônimo disse...

Essa luta eu vi,e o vereador foi injustiçado pelos

queriam não um parque,mas um quintal de casa(Josa)

Anônimo disse...

Essa luta eu vi,e o vereador foi injustiçado pelos

queriam não um parque,mas um quintal de casa(Josa)

Edson Campos E Silva disse...

EXATO JOSA. MAS JP FOI FIRME