domingo, setembro 30, 2012

Os Bosques de Palermo


Indo a Buenos Aires em qualquer agência de turismo você encontra dezenas de opções de passeios porém não deixem de conhecer "Os Bosques de Palermo ". Oficialmente conhecido como Parque Tres de Febrero com uma área de 25 hectares ou 250 mil metros quadrados. Foto de parte do Parque. Nos Bosques de Palermo, (vide mapa) existem vários parques públicos, lagos etc. Está localizados entre as avenidas Casares e Avenida del Libertador, se destacam por suas árvores, lagos e roseiras. Turismo Bosque de Palermo
1 Jardim Botânico. 2 Zoológico de Buenos Aires. 3 Sociedade Rural Argentina (SRA). 4 Monumento dos espanhóis. 5 Praça Alemanha. 6 Jardim Japonês. 7 Coluna persa. 8 Parque Três de Fevereiro. 9 Planetário Galileu Galilei. 10 Os lagos. 11 Hipódromo Argentino de Palermo. 12 Rosedal (Roseiral).

El Rosedal é um espetáculo para quem curte a natureza. Possui um lago e uma área dedicada ao cultivo de rosas,  com 18.000 roseiras de espécies diferentes.
Na chegada da primavera, o parque recebe uma grande quantidade de jovens em idade escolar, que vem para fazer piqueniques no parque.


O Planetário Galileu Galilei  Parque Tres de Febrero, mais conhecido como Bosques de Palermo. Seu formato representa a silhueta do planeta Saturno, além de se parecer também com um grande OVNI que tem a missão de levar todos seus visitantes a viagens de descobrimento pelo espaço. O edifício tem 5 andares sendo o último uma sala de 20 metros de diâmetro com 360 cadeiras reclináveis para a observação da cúpula que é recoberta internamente com chapas de alumínio e funciona como um telão. Nela são projetados a Lua, o Sol, os planetas visíveis e mais 8900 estrelas, constelações e nebulosas.
No primeiro piso há um museu onde está exposta uma rocha lunar trazida à Terra pela missão Apolo XI, um presente ao Planetario do então presidente dos EUA Richard Nixon. Também estão expostos três meteoritos achados na região “Campo del Cielo“, ao norte da Argentina
Entretanto como presidente dos Lions Cibernético Ambientalista, vesti a camisa do nosso clube e fui parabenizar os argentinos por cuidarem tão bem da natureza. Vejam as árvores.
 

  






4 comentários:

Christian disse...

Amigo!!! Como estas? Soy Christian, nos cruzamos el domingo a la mañana mientras paseabas a tu perro Homer! Estaba con el AVION y el piloto jaja. Fue el tema de conversacion al dia siguiente los piropos que dijiste. Estamos hablando, saludos.

Edson Campos E Silva disse...

Christian, el gusto fue mio en conorcelos. Ojala que podramos encontranos novamiente. Saludos cordiarles a todos. Edson Desculpe mi portunol

Edson Campos E Silva disse...

O comentário abaixo me foi enviado poe e-mail por Oscar Baldoni.E-mail oscar_baldoni32@yahoo.com.ar.

14:41 (1 hora atrás)
Responder para maoslimpasbras. mim
Prezados Senhores:
Os "Bosques de Palermo", da cidade de Buenos Aires, onde nasci há 71 anos, existem em primeiro lugar porque esse lugar era um horrível pântano no começo do século XIX e os terrenos foram adquiridos (comprados) por uma pessoa que já era rica, porque foi um dos primeiros industriais, produzindo o "charque", exportado inclusive para o Brasil.Seu nome era Juan Manuel de Rosas e foi o único governante que não só não roubou, senão que não deixava roubar e o único que, quando de sua saída, por sua vez foi escandalosamente roubado, porque essas terras, todas suas fazendas, propriedades legítimamente adquiridas, etc., foram confiscadas.
Uma vergonha, agravada porque colocaram o nome do parque que rodeava sua casa, como "3 de Fevereiro", data da batalha de Caseros, perdida pelas forças do governo do estado de Buenos Aires, a cargo de Rosas, que detinha o direito de representar as províncias perante outras nações.
Obrigado por sua atenção.....Oscar Armando Baldoni

Edson Campos E Silva disse...

Obrigado Oscar por tão valiosas informações.