quarta-feira, julho 18, 2012

O Terceiro maior aeroporto do mundo em pouso e decolagem para transportar ouro na Amazônia

Na época do garimpo de ouro de aluvião, no rio Tapajós, principalmente nas décadas de 70 e 80, muita gente ficou rica e muitos morreram. Nas ruas das cidades de Santarém e Itaituba se comprava ouro como farinha, principalmente no final do ano quando os garimpeiros vinham para estas cidades para se divertir. O PIB das mulheres de vida fácil aumentava nesta época pois os garimpeiros após a vida dura na floresta gastavam com facilidade o dinheiro ganho com facilidade. A grande parte do ouro ia para São Paulo e para o Uruguai.
O acesso aos garimpos era feito por aviões monomotores com asa alta que tem mais facilidade e segurança para pousar em pista curtas e de terra. Desta maneira o aeroporto de Itaituba se tornou o primeiro da América Latina e o terceiro do mundo em pouso e decolagem.

Pousos fantástico lá aconteciam por exemplo um Cessna 206 pousou em cima de um 210 que se preparava para decolar.
Ou você podia pousar de ponta cabeça.
























       

4 comentários:

Edson Campos e Silva disse...

Grazziano Guarany guarany@tvtapajos.com.br
10:58 (20 horas atrás)
Responder
para Redação, diretoria, mim
Sr. Edson,

Gostariamos de parabeniza-lo pelo ótimo relato e com sua autorização gostaríamos de publicar o seu material no site http://notapajos.globo.com onde colocaremos o link para seu blog.http://camposesilva.blogspot.com.br/
sds

Edson Campos e Silva disse...

Guarany obrigado pela publicação em tão conceituado Jornal

Patrick Alves Xabregas disse...

Amigo Edson,
Não me contive e compartilhei a sua matéria em meu facebook, pois assim como todo bom Santareno divulgo não só as belezas de nossa cidade, Estado,mas também a história, fatos e curiosidades.
Abraços de seu conterrâneo,
Patrick Alves Xabregas.

Edson Campos e Silva disse...

Obrigado Patrick. É um orgulho ter um comentário de um conterrâneo que realmente conhece nossa terra