domingo, julho 24, 2011

VÔO TAM JJ 3890 RECIFE-FORTALEZA-BÉLEM



Como todo mundo sabe minhas grandes paixões são: Deus, a família, o Parque dos Coqueiros e a aviação. Lógico que existem as chuvas de verão, que são nuvens passageiras que com o tempo se vão.
Devido o falecimento da Mãe Dé da Tana em Belém do Pará, que não é a cidade onde Cristo Nasceu, fui acordado às duas horas da madrugada em Recife com a notícia. Tana estava em Buenos Aires e liguei imediatamente para minha filha dar a notícia com o devido cuidado, pois na nossa idade devemos ter cuidado com as fortes emoções, para não diminuir o IDH - Índice de Desenvolvimento Humano dos brasileiros, que em 2010 subiu para 73.4 anos nossa expectativa de vida. Mãe DÉ chegou aos 74 anos quando morreu repentinamente. Assim com a impossibildade de Tana se deslocar de Buenos Aires para Belém  em tempo hábil, o conselho familiar decidiu que eu iria para Belém assistir os funerais e enterro e assim peguei o vôo TAM JJ 3890 REC-FOR-BEL que chegaria em Belém as 12:00 horas. Não consegui dormir no avião, como sempre dando trabalho para as comissárias pedindo os nomes da tripulação e como sou muito introvertido antes de pousar em Belém já tinha colocado no colo uma linda bebezinha que não parava de sorrir para todo mundo no avião filha  de uma bonita jovem sentada no meu lado esquerdo. Também já tinha conhecimento da metade da vida de uma maranhense e de uma baiana sentadas no meu lado direito e para completar já tinha feito uma pesquisa com os passageiros ao meu redor para saber qual era o meu neto mais bonito. Na foto chefe das comissárias Talita Nunes, comandante Herbele e Edson Campos e Silva. As tripulações da TAM são de excelente qualidade em serviço, mas essa do vôo JJ 3890 - Cmte Herbele, co-piloto Sidmar, Comissárias(os) Talita Nunes, Jéssica Teixeira, Bruno Marques, Moysés Fonseca, mostraram que os detalhes fazem a diferença quando se trata de qualidade. Meus parabéns.

Comissária Jéssica Teixeira e Eu.
Mas, a cena cômica foi durante o lanche, quando pedi dois copos de suco de manga, que como bom Mocorongo de Santarém adoro. Coloquei os dois copos na mesinha e por acidente os derramei na minha calça que ficou toda molhada com uma cor Amarelo Catepillar. 


Ao levantar-me para ir ao banheiro me lavar  os passageiros começaram a me
olhar pensando o mesmo que você pensaria se estivesse lá. Foi quando expliquei: " Não é o que vocês estão pensando, Foi o suco de manga que derramou!!!!

2 comentários:

Anônimo disse...

Olha que legal hein seu Edson, agradeço sua satisfação em ter voado conosco! Será sempre muito bem vindo.
Jéssica Teixeira

Edson Campos E Silva disse...

JÉSSICA FOI BOM DEMAIS VOAR COM VOCÊS. BONS VOOS